Translate

terça-feira, 14 de março de 2017

Por que algumas congregações celebram a Santa Ceia anualmente ao invés de mensal? Tal prática é certa ou errada?

C

 ertamente você conhece a passagem bíblica de 1 aos Coríntios 11.23 em diante de cor e salteado. Seu ministério celebra a morte e ressurreição de Jesus Cristo mensalmente ou anualmente? Há igrejas, congregações e comunidades cristãs que celebram a Santa Ceia mensalmente e essa é a maneira mais comum e usual dos nossos dias, salvo a Congregação Cristã no Brasil.
O que me inquieta, no entanto é no fato de que muitos criticam igrejas Y e X por costumes e afins, no entanto não procuram nas Sagradas Escrituras do porquê de tais liturgias serem realizadas diferentemente das mais aceitas pela população.
Afinal de contas a verdade é apenas uma, e apenas um lado está com mais da razão, ou no mínimo – segue a celebração da maneira mais próxima que a original. O problema se encontra quando não encontramos com detalhes a descrição de como a ceia era celebrada, sendo assim como podemos saber a forma que a Igreja Primitiva Apostólica seguia? Apenas de uma maneira isso é possível, e é através do Antigo Testamente que chegaremos a conhecer essa verdade, pois: “Toda escritura é proveitosa” (2Tm 3.16).
Voltemos nossos olhos para o dia em que os Filhos de Israel saíram do Egito; houve uma ordenança de Deus sobre se comer pão ázimo, ervas amargas,  e um cordeiro assado no fogo, ao qual não poderia se quebrar nenhum osso (Ref. Êxodo 12 ). Durante 7 dias a Páscoa deveria ser celebrada e durante este período, deveria comer pão sem fermento. Deus iria passar na noite um anjo que causaria morte a todo filho primogênito de quem não tivesse em sua porta e janelas o sangue do cordeiro.
O que isso tem haver com a ceia? Tudo, pois essas informações nos dão o costume e a tradição judaica de uma festa santa do povo de Deus. A Páscoa, ao qual o significado é “passagem”, era a razão de Jesus e seus discípulos estarem ceando aquela noite, pois a páscoa começaria no Domingo. Então o que Jesus fez? Ensinou para eles que essa festa memorial deveria ser mudada em partes por aqueles que o seguem como Mestre e Senhor. Ele disse que o pão ázimo era o corpo dele e o suco tinto e puro da uva era seu sangue e através dele haveria uma Nova Aliança, ou em outras traduções: Novo Testamento, no sangue dEle. A partir daquele momento em diante ele estaria se sacrificando por todos nós, do mesmo modo que o cordeiro foi morto na época de Moisés, para salvar seu povo da opressão. Dessa maneira a Páscoa Mosaica seria substituída por uma Páscoa Cristã, na qual durante esse período de reflexão seus discípulos tivessem um novo memorial. Não mais da morte do cordeiro dos tempos da Lei, mas sim do Cordeiro de Deus.
Como tal, Jesus estava mostrando com esse ato que sua Amada Igreja não iria ser judaizante, mas cristã. Anualmente durante o período da festa da páscoa, seu povo santo e remido se lembraria de sua morte na cruz e ressurreição. Jesus é a nossa Páscoa então durante uma semana (que é o tempo que dura à páscoa), seus Apóstolos ceariam num ato memorial. Por essa razão as Escrituras dizem: “por isso todas as vezes que comerdes desse pão e beberdes desse cálice anunciai a morte do Senhor, até que venha” – (1Co 11.26). Esse “todas as vezes”, se refere ao período dos sete dias da páscoa e portanto não é justificativa para defender que por causa dessa frase quer dizer que a Igreja Primitiva ceava mensalmente. Quem ceava no primeiro dia poderia celebrar até o ultimo dia da festa memorial, e quem não tivesse como chegar a tempo de cear num dia ceava no outro.
Só enfatizando que Jesus não quis com essa Nova Aliança que sua Igreja ignorasse o maravilhoso milagre que ocorreu na época de Moisés, mas que a prioridade da ceia, fosse para se lembrar dEle mesmo.
O que me deixa triste e até revoltado é a falta de reverência para com a boa tradição que Jesus deixou como modelo de sua Festa Memorial. Nós brasileiros celebramos a páscoa apenas um dia do mês que varia de Março/Abril, o porquê disso direi num próximo artigo, o fator relevante é que entendemos que nosso costume não é o mesmo que o dos judeus de uma semana de festa, até porque somos outro povo escolhido por Deus, mas deveríamos respeitar essa festa da maneira que a Igreja Apostólica Cristã Primitiva celebrava, nem que seja por um dia.
A páscoa era para ser a festa memorial de Cristo e sua Igreja, mas nos dias de hoje o que vemos em nossos cultos a Deus são: pão caseiro, (quando não bisnaguinha ou pão de leite, doce etc.) que na hora de partir não escutamos o pão se quebrando por estar fofo e macio por dentro; até uma bolacha de água e sal chegaria mais próximo do pão ázimo, mas nem isso são capazes de fazer.
O porquê de tal relaxo? Quando se é uma igreja simples demais teria uma desculpa razoável; Mas é a pressa do dia a dia faz com que deixemos as obras do Senhor tudo para última hora. Deus entende isso não? Sim claro que entende, como Ele também entende que: “Maldito aquele que faz a obra do Senhor relaxadamente” – Jeremias 48.10 .
Celebrar a ceia mensalmente ou anualmente? A segunda opção se aproxima da celebração primitiva, mas o segundo não seria pecado celebrar também, mas não tem a mesma solenidade e importância do primeiro. Teria baixo valor você celebrar seu aniversário mensalmente não acha? Já a ceia anual criava e cria a expectativa de aguardar essa data com muita alegria e desejo.
Se na sua o costume é mensal e deseja que seja da forma mais próxima da igreja primitiva, seja sábio, converse com o pastor ou responsável, apresente esse estudo, mas lembrando que o que não deve ser visto com bons olhos nesse estudo é o pão levedado, e a ceia ser servida de maneira preguiçosa e sem reverência alguma. Lembre-se que por pertencer a um ministério você está sujeito aos seus usos e costumes, porém isto não quer dizer que você irá concordar com tudo.  Discorde de tudo o que foge das Sagradas Escrituras.

Siga Sacerdote de Judá nas redes Sociais e YouTube clicando nos links abaixo:

Sacerdote de Judá no Facebook

Baixe esse estudo em PDF clicando aqui
Baixar/Download

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Jesus - Aquele que mata a sede da sua alma

"Como água fria para uma alma cansada, tais são as boas-novas de terra remota" 
- Pv 25.25

  Esse texto mostra que Jesus é o único refrigério para o ser humano.

  À medida que caminhamos nosso corpo pede por água para se reidratar e uma água bem geladinha é a mais eficaz para nos devolver o vigor. Por esta razão Jael deu leite ao general do exército inimigo, o que provocou nele sono, o que propiciou a oportunidade dela o matar. Se tivesse lhe dado água, certamente ele teria redobrado o vigor e teria capacidade de fugir e pensar numa estratégia de atacar o poço de Israel numa outra ocasião.

  A palavra acima fala da Pessoa de Cristo e do ser humano cuja'lma anela pelo refrigério.

  Quando se fala em terra remota podemos entender como sendo Israel; quando lemos sobre boas-novas estamos falando do evangelho; e sem Jesus não haveria o evangelho, pois somente Ele quem é capaz de trazermos o total refrigério às nossas almas.

  Lembre-se que Ele quem ofereceu para a mulher Samaritana uma água ao qual jorraria para a vida eterna e a faria nunca mais ter sede. No livro do Apocalipse esse mesmo Jesus convida a todos que queiram ir até ele para tomar de graça da água da vida.

  Hoje sabemos que a terra remota são o calvário, o sepulcro e o céu onde Cristo Nosso Senhor está assentado.

  É praticamente impossível para nós que almejamos essa água fria para o refrigério de nossas almas, ignorarmos estes 3 lugares.

  No primeiro foi Cristo quem sentiu a nossa sede, a sede da nossa alma, pois estávamos outrora na mesma situação do homem rico da parábola de Lázaro; era o estado espiritual de toda a humanidade. E os soldados lhe deram a beber vinagre. Nosso Senhor entregou seu espírito sentindo sede, a sede da humanidade.

  Se o primeiro lugar que nos leva a fonte das águas da vida serve para refletirmos o que o Senhor Jesus fez por nós, o segundo serve para nos dar esperança e perseverança na Palavra de Cristo. Ele ressuscitou, subiu ao Pai e aguarda seu momento de nos levarmos aos mananciais que ficam próximos ao santuário.

  O terceiro lugar só entrará quem lutar até o fim pela causa da fé e vencer.
Temos pois - a reflexão do que Jesus Cristo fez na cruz por nós; temos a esperança e o convite para um dia não muito longínquo bebermos dessa água gloriosa.

  Você gostaria de beber dessa água? 
Então basta aceitar de coração aquele ao qual fez o convite.
Aproveite que ainda há convites disponíveis e aceite a Jesus e assim sua alma cansada folgará e estará saciada pela presença de Jesus Cristo.

- Anderson M. Santos

Ref:
Pv 25.25; Jz 4.19; Mt 11.28-30; Jo 4.10, 13 e 14; Ap 22.17; 
Jo 19.28; Lc 16.19-31; Sl 46.3;
Sl 69.21; Mt 27.48; Mc 15.36; 
Jo 19.29 e 30;
Ap 3.8

Ajude meu ministério doando qualquer quantia. Deus lhe recompensará 7x mais.

Você também pode colaborar voluntariamente com qualquer quantia para abençoar o canal, blog e a minha vida.
Deixa Deus te usar (risos).

Fiquem todos na paz!

Agência para Depósito CAIXA ECONÔMICA FEDERAL.
AGÊNCIA 2075/ Digito 013 CONTA 00024929-3

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

A paz queridos, venho por meio desta me desculpar por estar já a muito tempo ausente do blog; estarei voltando com os estudos bíblicos e também com o canal no YouTube.

Se ainda não é um inscrito se inscreva agora e fique a par das novidades que em breve aparecerão.Clique aqui para se increver no canal Sacerdote de Judá no Youtube.

Você também pode colaborar voluntariamente com qualquer quantia para abençoar o canal, blog e a minha vida.
Deixa Deus te usar (risos).

Fiquem todos na paz!

Agência para Depósito CAIXA ECONÔMICA FEDERAL.
AGÊNCIA 2075/ Digito 013 CONTA 00024929-3

Baixe uma apostila de estudo clicando abaixo:
Baixar/Download

sábado, 10 de janeiro de 2015

Amor ou Paixão? Qual a diferença entre um e outro?

Há quem diga que esta é uma geração de apaixonados, e não discordo disso. O mundo hoje não conhece a Deus e parece indisposto a saber se relacionar com Ele. O que me preocupa é que os tais apaixonados pregadores e cantores são pessoas apaixonadas por Deus.
Estas pessoas são muito ignorantes no conhecimento, e é triste saber que cantores do mundo "gospel" dizem heresias em suas letras ditas "inspiradas por Deus". Faltam estudar mais a Bíblia para evitar este tipo de compreensão deturpada.

O que é paixão? E o que é amor Filadélfia e Àgape? 


Paixão é um tipo de amor carnal. Sua origem vem do grego: Eros; de onde vem a palavra erótico. Por tanto, é um tipo de amor atrativo. Necessário apenas para a procriação da espécie humana. Um homem que se sinta atraído por uma mulher bonita está sentido por ela em outras palavras uma paixão. Aliás,  você sabia que a palavra Eros está ligada à Pornéia que é pornografia? Isso explica muito o fato de algo Erótico atrair a atenção do homem e da mulher,  pois tratasse de um desejo carnal e não espiritual. 
 O Novo Testamento foi escrito 99% em grego e a palavra paixão não aparece em nenhuma parte em ligação a Deus.
Deus diz que devemos amar ao próximo como a nós mesmos e esse amor é conhecido como Philos ou Philadelphia que é o amor fraternal,  o amor entre irmãos (1 João 3.16).  E a Bíblia apresenta o amor de Deus.  Aquele amor de João 3.16, o amor conhecido como ÀGAPE. O amor altruísta,  o amor que perdoa 70X7, o amor que a Igreja hoje precisa ter. Por essa razão, dizer que está apaixonado por Deus é o mesmo que dizer que o ama da forma mais baixa e desprezível.
Em outras palavras: paixão é o mesmo que concupiscência. 
Lembre-se:

"Sinônimo de AMOR é CARIDADE;
Sinônimo de PAIXÃO é CONCUPISCÊNCIA".  - (Anderson M. Santos)

Muitos hoje pensam que amor e paixão são a mesma coisa. Erram muito por não saberem distinguir, mas agora você já sabe a diferença. O que fará agora? Continuará cantando ou pregando essa blasfêmia sabendo que é errado, ou compartilhará esta notícia com a sua família e Igreja Local?

Que voltemos ao primeiro amor ao invés da primeira paixão.

Que Deus abençoe a sua vida e até o próximo post :D

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Por que Deus permitiu que Adão e Eva comessem o Fruto Proibido?


 Passam-se anos, décadas, séculos e milênios e em nós permanece uma pergunta atemporal:
Por que Deus permitiu que Adão e Eva comessem do Fruto Proibido?
Para nós seria mais fácil se Deus não tivesse posto aquela árvore no jardim, dessa forma o ser humano viveria para sempre. Só que não é dessa forma. Se Deus é bom e perfeito e sabe de tudo antes de acontecer, por que Ele permitiu que o pecado entrasse no mundo?

Ao lermos a Bíblia por vezes deixamos de reparar nos pequenos detalhes que nos cercam. E são nesses trechinhos que desprezamos que muitas das vezes está a resposta.
Lemos em Gênesis 2.16 e 17 que Adão poderia comer de todas as árvores do jardim, menos a árvore da ciência do bem e do mal. 
Aqui vemos o que? Deus alertando Adão que o MAL existe. Isso é muito, muito importante, pois é através dessa palavra que entenderemos melhor o porquê de Deus ter colocado essa árvore no jardim.
Deus criou os seres dotados de livre-arbítrio, e como tal, temos direito a escolha. A partir do momento em que o mal existiu, houve então o período entre escolher o certo e o errado. Deus então colocou essa árvore no jardim, pelo motivo de não querer privatizar Adão dizendo: "O bem é a única coisa que existe", isso seria mentira.
Então o que Deus fez? Conscientizou o casal de que o mal existia. Conscientizou a eles dois um caminho de escolha. E então poderiam decidir qual caminho seguiriam por eles mesmos.
E quero enfatizar que Deus deixou extremamente claro para ambos que o mal gera a morte, assim como as más escolhas. Elas existem e sempre existirão, mas Deus não te impedirá de tomar as decisões erradas... Mas tenha certeza de que Ele te dirá que o caminho pelo qual está escolhendo não te fará bem. É o dever dele como Pai. Você que é Pai ou mãe, sabe que antes mesmo de ter seus filhos, sabia que eles não seriam 100% perfeitinhos. Você sabia, antes mesmo de gerá-lo que quando nascesse e crescesse ele faria birra, desobedeceria, algumas vezes até gritaria com você, e até dizer que não gosta de você. Mas mesmo sabendo disso, mesmo assim você o gerou. Sabendo do que enfrentaria. Mas ainda assim, sabendo que seu filho faria coisas erradas você o continua amando, isso porque ele é seu filho. Da mesma forma é Deus. 
Saber que dos anjos que Ele iria criar haveria um que se rebelaria não tirou de Deus a vontade de criar estes seres.
E quando Lúcifer caiu do céu com a terça parte dos anjos, Deus sentiu da vontade de criar alguém conforme a sua imagem e semelhança. Sabia da existência do mal e não poderia evitá-lo pois isso quebraria o livre-arbítrio do ser humano e é por essa razão que Deus mostrou a Adão e Eva o fruto proibido. Para que soubessem da existência do mal e pudessem escolher qual caminho seguiriam.

Infelizmente sabemos qual escolha eles tomaram, mas Deus através de sua promessa redentora nos deu o Seu Filho Jesus Cristo para que por meio dEle encontrássemos novamente o caminho para a Árvore da Vida.


Fiquem com Deus! Até o próximo post. Comentem este estudo. Se inscreva no canal e mande sugestões, perguntas e compartilhem para fazer este projeto crescer. Que Deus te abençoe ricamente e até a próxima.

domingo, 20 de abril de 2014

A Verdadeira Páscoa

   É realmente preocupante nos dias de hoje nossas crianças ainda acreditarem em Papai Noel e Coelhinho da Páscoa. Os tempos mudaram, é verdade, porém muito país conservadores ainda nutrem o pensamento dos filhos com estas inverdades.
  Qual é o problema afinal?
  O problema é que como homens e mulheres de Deus que somos temos a obrigação de ensinar a criança o caminho certo para ela não se deviar dela quando for adulta (Pv 22.6).
  Percebo que em dias festivos tais como a Páscoa que é hoje, a preocupação dos país é comprar o tal do ovo do Coelhinho. Isso torna a mente da criança vulnerável ao pensamento de que Páscoa só é Páscoa se tiver ovos de chocolate e o significado da Páscoa acaba se perdendo. O propósito de Satanás é de ridicularizar o sacrifício de Jesus Cristo, e para isso ele não economiza em inventar coisas das quais ele bem sabe que gostamos. Não foi no Éden que ele tentou Adão e Eva? Qual artimanha ele usou para os faze-los pecar, senão o estômago? Aquilo que parecia agradável aos olhos rompeu o plano original de o homem e a mulher serem eternos. E hoje não é diferente, pois o personagem que está em primeiro lugar na Páscoa é o tal do Coelho e não Jesus. Por favor Igreja acorde e veja que a realidade é essa.
  Jesus disse na última Páscoa na ceia: Fazei isso em memória de mim. Estamos lembrando dEle da maneira correta como Ele nos disse? Lembre-se do que está escrito sobre os últimos dias: aquele que INVOCAR O NOME DO SENHOR será salvo. Muitos estão se esquecendo disso infelizmente.
  Vamos educar nossas crianças direito, volto a falar sobre elas, pois são o que restará de nós quando partirmos. Tire o anátema do meio da sua família. Jogue fora o paganismo. Não estou dizendo para parar de comprar ovos de chocolate não, eu também gosto muito, trufado com maracujá então nem me fale. O que quero dizer é que o símbolo da Páscoa é O Cordeiro, não um coelho. Quando seu filho ou filha perguntar por quê o coelho entrega ovos sendo que coelhos são mamíferos, ensine para ele(a) a verdade. Diga que não é coelho nenhum o símbolo da Páscoa, conte a história de Jesus. A mente da criança não ficará confusa a isto. Diga sem medo que o coelho da Páscoa não existe, mas que existe o Cordeiro Pascoal que morreu e ressuscitou ao terceiro dia e foi por nós, e hoje vive e virá nos levar para os céus.

Até o próximo post.
Vem coisa nova mais a frente.

Que Deus abençoe a sua vida e feliz Páscoa.
:D

domingo, 19 de janeiro de 2014

Decifrando o livro de Gênesis - Apostila 1 para impressão.

A Paz do Senhor queridos e queridas!

Mais uma vez o blog Sacerdote de Judá está disponibilizando um arquivo em PDF, desta vez é a primeira apostila de estudos. O nome dela é Decifrando o Livro de Gênesis. Em breve estarei escrevendo a apostila 2, orem por mim.
Gênesis é um livro muito rico em promessas e profecias, mas devido a passagens aparentemente complicadas as pessoas o deixam de ler. Neste livro aprendemos que o mundo não surgiu de um Big Bang, mas sim pela poderosa Palavra de Deus. Nessa apostila há perguntas atemporais tais como: 
Deus se arrepende? Quem era a mulher de Caim? Os anjos se apaixonaram pelas mulheres e tiveram filhos com elas? De onde surgiu a crença em outros deuses? 
Além do mais a apostila começa com um breve estudo sobre os anjos. Qual a diferença entre um serafim, um querubim, um arcanjo e um anjo? Chega de mistérios! Abra e aprenda como tudo começou de maneira fácil. Totalmente grátis! Faça o download e por favor, me mande sua crítica para meu email: sacerdotedejuda@gmail.com. Ficarei feliz em saber sua opinião e sugestão para cada vez mais escrever de maneira clara e objetiva, Deus te abençoe!

   
Descifrando o livro de Gênesis from Bedley

Ajude meu ministério doando qualquer quantia. Deus lhe recompensará 7x mais
Você também pode colaborar voluntariamente com qualquer quantia para abençoar o canal, blog e a minha vida. Deixa Deus te usar (risos).
Fiquem todos na paz!
Agência para Depósito CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. AGÊNCIA 2075/ Digito 013 CONTA 00024929-3