Translate

segunda-feira, 15 de abril de 2013

10 passos essenciais para estudar a Bíblia

"Antes Crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo" (2Pe 2.18)

 

 Boa tarde a todos e a paz do Senhor!

  Hoje paro para pensar sobre tudo o que já aprendi com a Palavra de Deus. No começo foi tão frustrante e acredito que para a maioria das pessoas também é no início.
  Uma vez estava com o propósito de ler a Bíblia inteira e contei para um colega meu da Escola Dominical. "Você está entendendo o que está lendo?", me perguntou ele, e minha resposta foi "não". "Então não adianta nada você ler a Bíblia se você não a entende", foi a resposta dele. Aquilo me deixou completamente desanimado, tentei continuar lendo mas chegando em Deuteronômio parei.
  O caso é que a Bíblia tem muito simbolismo e metáforas, isso acaba complicando um pouco, e quem nunca leu a Bíblia e se aventura em lê-la acaba se cansando com a leitura por não entender.
  Se você se aventurou em ler as Escrituras mas se sentiu desanimado com a leitura dela não fique triste, você não é o único. A maioria das pessoas tem dificuldades com a leitura bíblica. Todos passam por isso e é perfeitamente normal.
  Em 2012 li a Bíblia inteira, entendi algumas coisas mas não desisti. Se você, caro leitor, não entende a Bíblia muito bem, não desista. Você não tem que parar de lê-la só porque não a entende; você deve ir atrás da verdade. O segredo está na perseverança.
  Este blog pode ajudar você, mas primeiramente quero que você coloque algo nessa cabeça santa: "Por mais que estudemos as Sagradas Escrituras,  jamais, repito: jamais a entenderemos 100%". Ao longo da nossa caminhada de fé ainda existirão perguntas sem respostas. Afinal de contas, estamos lhe dando com  o Livro dos livros e não com o gibi da Mônica.
  Enfim...
  À baixo estão 10 passos principais que você deve seguir quando for estudar a Bíblia. Esses passos ajudarão no seu desempenho.

10 passos para estudar a Bíblia



  1. Oração: Ore antes de ler: peça discernimento e sabedoria ao Espírito Santo: ninguém melhor do que o Autor da Bíblia para ensinar a Bíblia. Peça com fé, sem duvidar (Tg 1.5,6).
  2. Lugar calmo: Você precisará de toda concentração para se focar na história bíblica. Para isso, é essencial que você procure um lugar calmo e tranqüilo; se possível, estude a Palavra em uma praça, ou qualquer lugar que não lhe traga distrações.
  3. Separe um tempo para a Palavra: Separe pelo menos de uma à meia-hora para ler a Bíblia diariamente. Assim você se acostumará com a leitura. Paulo, o apóstolo dos gentios aconselhou a Timóteo dizendo: persiste em ler (ITm 4.13).
  4. Dicionário: Acredite: um simples dicionário de bolso faz toda a diferença. Pode ser: Aurélio, Michaelis, etc. Se tiver um Dicionário Bíblico, tanto melhor, mas geralmente um dicionário de bolso resolve. Se você não entender alguma expressão, pelo menos você terá auxílio.
  5. Referências: Hoje em dia existem diversos modelos de Bíblia, no entanto, a mais completa em conteúdo doutrinário, é a Bíblia com referências. Com uma Bíblia com referências, você é direcionado a estudar por assuntos diversos. Se sua Bíblia tem referências ótimo. Siga o que estiver ao lado dos versículos (aquelas letrinhas miúdas que quase todo mundo não dá a menor importância), ou no rodapé das páginas.
  6.  Procure outras versões: Largue a versão tradicional e parta para outras versões. Nós evangélicos estamos muito acostumados com a versão ARC (Almeida Revista e Corrigida): existem dezenas de versões que também são boas, senão melhores do que a versão tradicional. Eu sei que para algumas pessoas é difícil e até incomodo ler um texto conhecido escrito de uma forma um pouco diferente em outra versão, mas devemos perder este hábito. O objetivo primordial de um seminarista é entender a Bíblia da melhor forma possível, para isso uma versão diferente ajuda e muito. Para os que são muito leigos, eu recomendo a versão BLH (Bíblia na linguagem de hoje): é uma Bíblia com uma tradução simples e de fácil compreensão.
  7. Estudos Temáticos: Faça estudos separados por temas: personagens, objetos, simbologia, lugares, pecado, demonios, anjos, salvação, vida eterna, humildade, etc.
  8. Escola Dominical: É primordial que você frequente a Escola Dominical de seu ministério. É nela que você tirará com seu professor todas as dúvidas. Não se acanhe em perguntar. É dever do aluno perguntar assim como é dever do professor responder.
  9. Estudo Coletivo: Você pode também combinar com seus amigos e colegas de estudarem a Bíblia juntos e ver os diferentes pontos de vista de cada um. Poderá ser na sua própria casa, ou na casa de um amigo, ou até mesmo na Igreja Local num dia em que não houver culto. Um poderá se responsabilizar em ler o Livro escolhido por votação e outro poderá anotar com um papel e caneta o que cada um aprende com determinadas histórias bíblicas. Ou criar perguntas com a passagem lida. Estudar também com o professor da ED, seria interessante e muito produtivo.
  10. Livros/revista de Estudos Bíblicos: É bom para se compreender passagens históricas e de usos e costumes da época, além de biografia de personagens para conhece-los melhor.
 Estes são os 10 passos essenciais para o estudo da Bíblia. Só lembrando que se você não tiver perseverança e vontade de aprender, tudo isso será em vão. Que Deus te dê força de vontade, sabedoria e derrame as suas bençãos sobre ti. 
  Até a próxima...







Postar um comentário